• Agenda

    setembro 2019
    S T Q Q S S D
    « out    
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  
  • Categoria

  • Arquivo

  • Blog Aécio Neves

  • Anúncios

Anastasia quer dar mais agilidade ao processo de interdição

Projeto apresentado apresentado nesta quinta-feira (08) quer agilizar processo judicial que prejudica os que mais precisam de cuidados.

Proposta será apreciada inicialmente pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), no Senado.

 Fonte: PSDB

Anastasia quer dar mais agilidade ao processo de interdição

O projeto prevê todo o processo necessário para a agilidade da ação. Fotos: Omar Freire/Imprensa MG.

Pessoas com incapacidade de exercer pessoalmente atos da vida civil precisam ser interditadas. É o que prevê a lei hoje. Ocorre que o processo judicial para esse fim pode ser demorado e penoso, prejudicando justamente aquelas pessoas que mais precisam de cuidados. Em razão disso, muitas vezes, elas acabam ficando sem acesso a benefícios como a aposentadoria ou pensão. Novo projeto de lei do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), apresentado nesta quinta-feira (08/07), quer desburocratizar e agilizar esse processo.

Pela proposta (PLS 452/2015), assim como ocorreu com casos de separação sem litígio, o processo de interdição poderá ser coordenado pelo próprio Oficial de Registro Civil de Pessoais Naturais. Nesse caso, o pedido da interdição deve ser feito por um de seus familiares, acompanhado de advogado. Para garantir a correção e segurança do processo, depois de reunida a documentação que comprova a necessidade do ato, o Ministério Público deverá dar seu parecer para então o juiz decretar a interdição.

O projeto prevê todo o processo necessário para a agilidade da ação. Nele deverá constar, por exemplo, as devidas provas da necessidade da interdição como laudos médicos e documentos que comprovem a incapacidade para atos da vida civil do interditando. A substituição do curador também poderá ser processada de forma administrativa pelo próprio Oficial de Registro Civil.

“A interdição judicial é um processo lento e burocrático. O Judiciário não tem conseguido atender à demanda, que inevitavelmente crescerá, tendo em vista o aumento da expectativa de vida da população. Sabemos do cuidado que temos que ter com esse tema e apresentamos um projeto de lei que dá uma alternativa segura e ao mesmo tempo torna o procedimento mais ágil. Isso beneficiará o serviço público e o próprio cidadão interessado”, explica Anastasia.

A proposta será apreciada inicialmente pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovada no Senado, seguirá também para apreciação da Câmara dos Deputados.

Anúncios

No país da burocracia, artigo de Antonio Anastasia

Senador Antonio Anastasia diz que burocracia é uma porta em que temos que atravessar. Ela inviabiliza e impede o país de crescer.

Quanto tempo não perdemos no Brasil com processos desnecessários e ultrapassados?!

Fonte: PSDB

A burocracia é, hoje, a porta que temos de atravessar, diz Anastasia. Reprodução.

A burocracia é, hoje, a porta que temos de atravessar, diz Anastasia. Reprodução.

Vontade de mudar o rumo da história, de acreditar que a vida da gente pode, sim, ser um mundo fantástico, desses de livro. Uma fantasia. Um mundo que Alice quis conhecer.

Tomando uma poção mágica, Alice, de Lewis Carroll, que acaba de completar 150 anos de publicação, acredita em um outro mundo. E para isso diminuiu seu tamanho. Quis entrar pela porta pequena. Tomo emprestadas as metáforas.

Ao contrário, hoje, temos que nos transformar em “gigantes” para entrar por uma, duas, três portas. Vivemos o inverso do mundo de Alice. Não um sonho, um pesadelo.

A burocracia é, hoje, a porta que temos de atravessar. Ela inviabiliza, dificulta, paralisa, impede-nos de crescer. Ao invés de gatos, chapeleiros, relógios, cartas, temos papéis e exigências, xerox, cópias, firmas reconhecidas, cartórios, filas, senhas…

Um mundo sem cor, sem graça, carimbado por avalistas, recheado de fiadores. Certidão de nascimento, de casamento, de separação e de bons antecedentes. Nada consta do Tribunal de Justiça. Do Tribunal Regional Federal. Do TRT, TST, TRE, TSE, STM, CNJ, no Superior Tribunal de Justiça. E do Supremo também.

Título de eleitor. Comprovante de votação nas últimas cinco eleições. Carteira de Trabalho, de motorista, de Identidade. Número de PIS. PASEP. Passaporte. Cópia. Autentica. Comprovante de endereço? Só luz ou água. Fotos 3 x 4. Camisa preta. Fundo branco. Sem sorrir…

O coelho que atrai Alice lembra que o tempo urge. Mas quanto tempo não perdemos no Brasil com processos desnecessários e ultrapassados?!

A realidade

Vivemos uma burocracia negativa e exagerada, que atrapalha a vida nacional. O país da burocracia e do papel. Do carimbo e da autenticação. Herança dos tempos da Coroa portuguesa que, infelizmente, permanece incrustada na administração pública brasileira até hoje.

Colocamos em um altar a ‘papelada’, na linguagem singela do nosso cidadão comum. Isso tornou-se um tormento. Gera atraso, aborrecimento, prejuízos para os cidadãos e para o país.

Tivemos em determinado momento esforços importantes com a figura do ministro Hélio Beltrão para um processo de desburocratização. Passado tanto tempo ainda não conseguimos incutir na sociedade, especialmente nas áreas governamentais, o gosto pela simplicidade. Tudo é complicado e exige confirmações infindáveis. Não temos confiança nas relações entre governo e o cidadão

Enquanto não superarmos isso, na busca de uma administração pública mais enxuta, mais leve e mais simples, dificilmente poderemos avançar. Mudar essa realidade não pode ser um sonho ou uma quimera. Não podemos mais aceitar que a porta emperrada nos impeça de prosseguir.

Simplificar, desburocratizar, tirar as amarras, verdadeiros nós górdios, é dever do Estado que pretende ser eficiente, catalisador do crescimento. É um esforço que se faz urgente. Para o bem de nossas empresas, de nossa economia, de nossos trabalhadores, de nossa qualidade de vida e da nossa paciência.

O tempo urge. “Se você conhecesse o Tempo tão bem quanto eu”, o Chapeleiro falou, “não usaria a palavra desperdício para se referir a ele. Ele não é qualquer um”. Siga o coelho branco.

Leia mais

Governo Tucano: Gestão eficiente promoveu avanços em Minas Gerais

De 2003 a 2014, Minas experimentou o progresso e conquistou avanços sociais e econômicos, gestão tucana foi reconhecida pelo Banco Mundial como referência em administração pública.

Aécio e Anastasia e os anos que mudaram Minas

Fonte: Jogo do Poder

Agricultura

Minas lidera o ranking da produção agropecuária brasileira, com 16% de participação no total.

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio mineiro, estimado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da ESALQ/USP, com o apoio financeiro da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) e da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), fechou o ano de 2014 com alta em 7,51%.

Participação de Minas no PIB do agronegócio nacional cresceu mais de 53% entre 2002 e 2014.

O PIB do agronegócio de Minas Gerais, com base em cálculos até dezembro/14, passou a ter uma participação de 13,8% no PIB nacional.

Fonte: Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA), da ESALQ/USP

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Água

A criação da Copanor em 2007 levou água tratada para 322 mil pessoas em 238 localidades do Norte e Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Novos serviços de esgoto chegaram para 126 mil pessoas em 70 localidades. Foram investimentos de mais de R$ 558 milhões.

De 2002 a 2014 a evolução da população atendida com serviços de água pela Copasa cresceu 40%.

O número de estações de tratamento de esgoto (ETEs) saltou 438%, de 31 em 2002, para 438% em 2014.

Fonte: Copasa

A crise hídrica que hoje ataca todo o país foi rapidamente vista como ótima opção de marketing eleitoral pelo governador e seus assessores.

Num movimento rápido, Fernando Pimentel destilou acusações aos governos anteriores e anunciou medidas de curto, médio e longo prazos. Entre as ações mais urgentes e importantes, que seria “iniciadas no curto prazo estavam a continuidade de projetos iniciadas nas gestões passadas, como a expansão da PPP do sistema Rio Manso, que teve a finalização da primeira etapa da obra antecipada para 2014. O que o governador não disse é que o seu partido e sindicatos ligados ao PT processaram os dirigentes da Copasa, na época, recolheram assinaturas para impedir a obra, dizendo que ela só seria necessária em 2022. Três meses depois das declarações do atual governador, nenhuma obra foi feita. A única medida adotada é a sobretaxa para a população. O avião que Pimentel pegou para ir à Brasília se reunir com a presidente para “pedir verbas” e mentir para a imprensa nacional que a Agência Nacional das Águas havia documentado a direção anterior da Copasa sobre uma provável crise hídrica, voltou sem um real para os mineiros.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Cultura

Essa foi uma das áreas em que mais se avançou nos últimos anos. Foram centenas de novos projetos e iniciativas inovadoras que aumentou ainda mais o destaque cultural mineiro no Brasil e no Mundo.

Entre 2003 e 2014, o Governo de Minas investiu aproximadamente R$ 3,1 bilhões no Sistema Estadual de Cultura e no setor cultural mineiro, por meio de recursos orçamentários, renúncia do ICMS para incentivo a ações culturais, convênios, financiamentos e investimentos em infraestrutura. Foi o maior aporte de recursos já feitos pelo Estado para este setor.

Criação do maior complexo cultural do país. Com a transferência da sede oficial do Governo do Estado para a Cidade Administrativa, os casarões históricos que integram o belíssimo conjunto arquitetônico da Praça da Liberdade, onde antes funcionavam Secretarias de Estado, foram transformados em centros culturais e museus com os mais diversos acervos e atrativos. Atualmente, o Circuito Cultural Praça da Liberdade é o maior complexo cultural do país, com 12 espaços culturais já implantados. Desde 2010, data de sua implantação, o Circuito recebeu mais 3,5 milhões de visitantes.

Criação e revitalização de diversos museus.  Desde 2003, a Secretaria de Cultura de Minas Gerais adotou uma política de criação de museus por todo o estado e de revitalização e modernização daqueles museus já existentes. Foram criados cinco museus e três outros estavam em processo de construção. Além disso, os cinco outros museus que já existiam em 2003 foram fortalecidos, com revitalização da sua estrutura, resultando no aumento de atividades e de visitantes.

Construção da Estação da Cultura Presidente Itamar Franco. Na nova Estação da Cultura Presidente Itamar Franco, localizada no bairro Barro Preto, em Belo Horizonte, está em funcionamento a sede própria da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. O local abriga sala de concertos de padrão internacional, que colocou Minas Gerais no eixo de turnês das grandes orquestras mundiais. O prédio que abrigará as sedes da Rede Minas e da Rádio Inconfidência já está em fase avançada de construção e tem estrutura totalmente adequada às especificidades técnicas das duas emissoras. Ao todo, são investimentos de cerca R$ 215 milhões no empreendimento.

Criação do Programa Filme em Minas. Considerado um dos principais responsáveis pelo impulso do setor audiovisual em Minas, o “Filme Minas” viabilizou 208 projetos, entre filmes, publicações e ações de preservação. Criado em 2004, totaliza investimentos de quase R$ 30 milhões.

Criação do Programa Cena Minas. Criado em 2007, é destinado ao fomento da manutenção, circulação e melhorias de infraestrutura aos artistas e grupos de Teatro, Dança e Circo.Em seis edições, contemplou 235 projetos, com investimentos superiores a R$ 7 milhões e uma média de circulação de 100 municípios do estado a cada edição.

Criação do Programa Música Minas. Criado em 2008 com um modelo de gestão exemplar em que Governo e Sociedade Civil pensam e executam conjuntamente a política pública voltada para a circulação e projeção da música mineira no Estado e no mundo. Beneficiou mais de 1.500 artistas mineiros, com aporte de cerca de R$ 6 milhões.

Criação do Prêmio Governo de Minas de Literatura. Criado em 2007, tornou-se um dos maiores prêmios deste segmento cultural no Brasil. Desde sua criação, em 2007, distribuiu R$1,5 milhão em prêmios para 25 escritores.

Desenvolvimento Social

Nos últimos anos, o índice de redução das desigualdades social em Minas foi superior à media nacional, antecipando em três anos as metas de desenvolvimento humano estabelecidas pelas Nações Unidas.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Minas subiu do patamar de médio para alto desenvolvimento humano

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Graças a projetos sociais, como os que integram o Programa Travessia, em 2012 Minas Gerais conseguiu cumprir, com três anos de antecedência, sete dos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) para serem cumpridos apenas 2015. Além disso, o Estado assinou um documento de repactuação das metas com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), no qual se comprometeu, de forma inédita, a melhorar ainda mais os índices. Com isso, Minas tornou-se a primeira região subnacional do mundo a propor e assinar novas e mais desafiadoras metas relativas aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Educação

Minas foi a primeira unidade da federação brasileira a implantar o ensino fundamental de 9 anos, uma entre várias ações que levaram o Estado a ter atualmente o melhor ensino fundamental do país, de acordo com o Ministério da Educação.

Aumento de 235% nos investimentos anuais em Educação.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Entre 2003 e 2013, o Governo de Minas investiu R$ 2,1 bilhão para melhorar a rede física das escolas. Os recursos foram destinados para construções de novas unidades escolares, reformas e ampliações, reparos e aquisição de mobiliários e equipamentos.

O Programa de Educação Profissionalizante (PEP) tornou-se o maior programa de ensino profissionalizante gratuito já desenvolvido em Minas Gerais. Desde sua criação, em2007, o PEP atendeu mais de 200 mil estudantes em 89 cursos, nas diversas regiões do Estado. Ao todo, o governo investiu mais de R$ 600 milhões no Programa.

Segundo o Governo Federal, Minas Gerais tem atualmente o melhor ensino fundamental do país. No ensino médio, o estado também está entre os melhores.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Como demonstração da melhoria da qualidade do ensino público do estado, em 2014, Minas Gerais ficou, pelo oitavo ano consecutivo, em primeiro lugar no ranking nacional de medalhas da Olimpíada Brasileira de Matemática de Escolas Pública(Obmep), a mais importante competição nessa área, que está em sua 10ª edição. Os alunos mineiros, que já conquistaram ao todo 8.712 medalhas, são campeões tanto no número total quanto no número de medalhas de ouro.

Gestão e obras

Valorização do funcionalismo público, colocando em dia os salários dos servidores, garantindo o crescimento da folha sempre acima da inflação, criando planos de carreira e reconhecendo o mérito do trabalho de quem contribui efetivamente para melhorar o atendimento à população.

Recuperação da credibilidade do Estado, atraindo mais de R$ 182 bilhões em investimentos privados, que geraram cerca de 250 mil empregos diretos.

Retomada da capacidade do Tesouro Estadual, aumentando em 611% os investimentos públicos, com ênfase em áreas essenciais, como saúde, educação, segurança.

Realização do maior investimento em infraestrutura da história de Minas, pavimentando cerca de sete mil quilômetros de estradas e expandindo a telefonia celular para 100% dos municípios, dentre várias outras ações.

Não por acaso, o Choque de Gestão de Minas Gerais é considerado uma referência nacional e até internacional em administração pública. Delegações de diversos municípios, estados, países e organismos internacionais têm visitado o Estado para conhecer de perto as boas práticas que o Governo de Minas tem desenvolvido em várias áreas. Apenas nos últimos dois anos, a Secretaria de Estado Planejamento e Gestão e outras instituições estaduais receberam mais de 70 missões, algumas delas por indicação do Banco Mundial.

Em depoimento recente, a diretora do Banco Mundial para o Brasil, Deborah Wetzel, destacou o ineditismo da abordagem do Governo de Minas em relação à reforma do setor público: “O Choque de Gestão mineiro apresentou resultados surpreendentes e serviu de exemplo para outros estados brasileiros e também para outros países. Como especialista em reforma do setor público, percebi que várias das lições aprendidas com a experiência de Minas Gerais servem para aqueles em busca de melhores resultados em todo o mundo”, afirmou.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Entre 2003 e 2013, Minas Gerais foi um dos estados que menos comprometeu a Receita Corrente Líquida (RCL) com endividamentos autorizados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Em apenas 12 anos, foi construído o equivalente à metade de todo o asfalto existente atualmente no estado. O PROACESSO levou asfalto a 219 sedes de municípios que ainda não dispunham deste benefício.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Inovação

Aumento de mais de 250% dos recursos destinados à Fundação de Pesquisa do Estado.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Meio ambiente

Aumento do número de unidades de conservação estaduais de 93, em 2003, para 300 em 2014.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Aumento em quase 40 pontos percentuais da população com acesso à disposição adequada de resíduos sólidos.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Saúde

Multiplicação e descentralização do atendimento à saúde, fazendo com que o Estado tenha hoje o melhor SUS do Sudeste e o quarto melhor do país, de acordo com o Ministério da Saúde.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Aumento de 369% nos investimentos anuais em Saúde

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Fortalecimento e melhoria de 155 hospitais de todas as regiões de Minas Gerais. Criado em2003, o Programa de Fortalecimento e Melhoria dos Hospitais de Minas Gerais (Pro-Hosp/MG) tinha como objetivo assegurar atendimento hospitalar de qualidade aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Ao todo, foram investidos mais de R$ 1,2 bilhões em 155 hospitais. Os recursos foram empregados na melhoria da infraestrutura, na implantação de novos serviços, na compra de equipamentos de alta tecnologia e no aprimoramento da gestão das unidades hospitalares.

Queda de 33% na taxa de mortalidade infantil, segundo o DataSus

Maior cobertura do Sudeste em programa de Saúde da Família e maior número de equipes do Brasil.

Criação de 991 unidades do Farmácia de Minas beneficiando mais de 15 milhões de mineiros, principalmente nas cidades menores e mais carentes de recursos. Em apenas um ano, por meio do programa, foram distribuídos gratuitamente mais de 2,2 bilhões de unidades de medicamentos.

Segurança

De acordo com o Ministério da Justiça, nos últimos anos, Minas Gerais foi o Estado brasileiro que mais investiu em Segurança Pública, proporcionalmente ao orçamento. Desde 2003, foram mais 55 bilhões aplicados no aumento do efetivo das polícias,viaturas, ações de prevenção à criminalidade, aumento das vagas no sistema prisional, entre várias outras ações.

Aumento de 330% nos gastos anuais com Segurança Pública.

De 2003 a 2013, o efetivo das forças de segurança de Minas (polícias civil e militar e corpo de bombeiros) cresceu 18%.

Aumento de 452% nas vagas do sistema prisional

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Minas tem a 4ª menor taxa de homicídios (em número de vítimas), a 3ª menor taxa de latrocínio (roubo seguido de morte) e a 2ª menor taxa de estupro entre os estados com estatísticas consideradas confiáveis pelo Ministério da Justiça.

Gestão eficiente tucana em Minas mudou a vida dos mineiros e promoveu avanços

Cidade Administrativa

De 2011 a 2014, a economia gerada por meio da racionalização e da otimização de serviços foi de R$ 447,2 milhões, comparados os gastos de manutenção dos serviços ano a ano com aqueles registrados em 2009, quando o governo de Minas operava com estrutura em vários endereços. Somente com aluguéis de imóveis, o estado deixou de gastar cerca de R$ 80 milhões nos quatro anos. Os recursos economizados e arrecadados passaram a ser investidos em saúde, educação, segurança e ações sociais para a população.

Na época do planejamento, de acordo com estudo que passou por auditoria do BDO Trevisan, uma das maiores empresas especializadas do mundo, a previsão de economia era de R$ R$ 92,3 milhões por ano. Nos últimos quatro anos, a economia anual média foi de aproximadamente R$ 111 milhões, cerca de 20% acima da meta inicial. E graças aos processos licitatórios ocorridos em 2014, a economia gerada pela Cidade Administrativa em 2015 deverá somar R$ 142,3 milhões.

Aécio faz pronunciamento em defesa de Anastasia

“Até os adversários de V. Exa., na Minas que governamos juntos e onde tive a honra de ser sucedido por V. Exa., até seus adversários respeitam a sua história e o seu comportamento pessoal”, ressaltou Aécio Neves.

Fonte: PSDB 

Pronunciamento do senador Aécio Neves em apoio ao senador e ex-governador de Minas Antonio Anastasia

Brasília – 10-03-15

O que V. Exa. faz hoje, é um desabafo que todos nós, que o conhecemos muito bem, também gostaríamos de fazer. Me permita, V. Exa., bem rapidamente dizer que ao final desse período legislativo estarei completando 32 anos consecutivos de mandato. Conheci, a vida me deu esse privilégio, homens públicos de gerações diferentes e de extraordinária dimensão pessoal e política.

A vida me deu o privilégio, senador Paim, de conviver com homens como Tancredo Neves, de conviver com homens como Ulysses Guimarães, como Teotônio Vilela, dentre tantos outros, que tiveram, sim, uma extraordinária dimensão política no tempo em que atuaram. Mas eu digo aqui, na Tribuna do Senado Federal, que do ponto de vista pessoal, moral, nenhum supera V. Exa.. Talvez alguns igualem V. Exa. no compromisso com a coisa pública, na retidão, na seriedade, no espírito público; mas V. Exa. se iguala aos maiores que o Brasil já teve. Conheço V. Exa., senador Anastasia, há muitos anos.

Tive o privilégio de tê-lo como companheiro de caminhada no momento em que construímos em Minas o mais ousado modelo de gestão pública da nossa contemporaneidade, depois acompanhado por vários outros estados brasileiros.

E em todos os instantes, nas graves crises e nos momentos mais sutis, V. Exa. sempre comparecia com a altivez, com a capacidade de compreender com clareza a dimensão do que significa ser um homem público. E é por isso mesmo que o ataque que V. Exa. hoje recebe atinge todos os que o conhecem.

Até os adversários de V. Exa., na Minas que governamos juntos e onde tive a honra de ser sucedido por V. Exa., até seus adversários respeitam a sua história e o seu comportamento pessoal. De que o acusam, senador Anastasia? E é importante, senador Agripino, senador Tasso, líder Cássio, senador Aloysio, que aqui estão, senador José Serra.

Um policial federal diz que levou durante o processo eleitoral de 2010 um recurso a uma determinada casa e entregou a um cidadão que o recebeu e meses depois, vendo o resultado eleitoral por fotografia e por imagens de televisão, achou que aquela pessoa a quem ele tinha entregue o recurso parecia com, segundo ele, o candidato que havia sido eleito em Minas Gerais.

A barbaridade desta história, a fantasia que a emoldura fica clara logo no primeiro instante porque ao contrário do que diz este policial, talvez enganado, talvez orientado, não sabe temos elementos para dizer qual a razão, ele não teria hipoteticamente entregue o dinheiro ao candidato.

O senador Anastasia hoje era o governador de Minas Gerais naquele período. Era o governador de Minas. O cidadão não se lembraria de chegar em um Estado e se encontrar com o governador do Estado.

Por mais que esta tese fantasiosa, porque não cabe na história, não cabe no perfil de V. Exa., isso mostra a fragilidade das denúncias de V. Exa. Elas não surgem de nenhuma das duas delações premiadas, mas sim desse depoimento que estou absolutamente segura, senador Antonio Anastasia, será cabalmente desmontado proximamente.

Basta que saibamos para onde foi este recurso, quem foi o seu destinatário efetivo, qual responsável pela residência onde teoricamente teriam sido entreguem possivelmente esses recursos.

Faço rapidamente a menção a este trecho desta história para dar tranquilidade a V. Exa. Fique senador Anastasia absolutamente sereno como está, seguro da sua conduta, porque nós, seus companheiros de partido, seus companheiros de parlamento, e os cidadãos mineiros em especial, mas tenho certeza, que muitos brasileiros sabem que V. Exa. é uma das melhores coisas que a vida pública brasileira já produziu. E dentro de pouco tempo V. Exa. estará retornando a esta tribuna para debater os grandes temas nacionais muitos dos quais tem V.Exa. a principal referência.

Portanto, desejo a V.Exa. apenas, é o que posso desejar, serenidade, nesse instante, a firmeza e a coragem que jamais lhe faltou em nenhum instante de sua trajetória. Não estou aqui para lhe prestar solidariedade. Estou para dizer que juntos para dizer que vamos provar que a acusação contra V.Exa. não tem qualquer conexão com a realidade e que V.Exa. sairá deste episódio ainda muito maior do que entrou.

Pimenta: Chegada de Gasoduto será o salto de desenvolvimento para Minas e o Triângulo

Pimenta da Veiga afirmou que em seu governo viabilizará ações para garantir novo salto de desenvolvimento regional no Triângulo.

Eleições 2014

Fonte: Pimenta 45

Pimenta aposta em novo salto de desenvolvimento para Minas e o Triângulo com chegada do gasoduto

Ao lado de Aécio e Anastasia, candidato a governador afirma que vai construir o contorno das principais cidades e asfaltar estradas ligando regiões

O candidato a governador Pimenta da Veiga iniciou a última semana de campanha eleitoralcom uma visita a Uberlândia, no Triângulo Mineiro, onde chegou acompanhado dos candidatos a presidente Aécio Neves e a senador Antonio Anastasia. Ao desembarcar, Pimenta falou da satisfação de retornar a uma das cidades mais prósperas do país, que se tornou modelo para o Brasil em razão da diversidade da sua estrutura produtiva e afirmou que em seu governo viabilizará ações para garantir novo salto de desenvolvimento regional.

“É notável o que Uberlândia alcançou ao longo de sua história. E vamos trazer uma nova matriz de desenvolvimento para Uberlândia, para o Triângulo inteiro, especialmente para Uberlândia, com o gasoduto. Nós vamos disponibilizar aqui um insumo industrial de grande importância e uma matriz energética de alto poder competitivo”, garantiu.

A implantação do gasoduto do Triângulo Mineiro foi negociada pelo Governo de Minas com a União na gestão de Antonio Anastasia. Partindo de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o gasoduto percorrerá 457 quilômetros até Uberaba e terá capacidade inicial para transportar 3 milhões de metros cúbicos/dia de gás natural, combustível suficiente para abastecer a fábrica de amônia da Petrobras, em implantação em Uberaba, além de outros empreendimentos industriais na região.

Pimenta da Veiga apontou outras prioridades para alavancar o desenvolvimento regional na área da infraestrutura viária e da mobilidade urbana. “Vamos terminar todas as estradas e rodovias que estão em obras e vamos ligar agora regiões. Portanto, além de ligar uma cidade a outra, vamos ligar regiões e vamos também fazer contornos das principais cidades do Triângulo para que o trânsito de passagem não prejudique a vida urbana”, ressaltou. “A estrada de Campo Florido está em obra e nós vamos conclui-la sem nenhuma dúvida. Essa é uma das estradas a qual me referi”, completou.

Na área da segurança públicaPimenta reiterou o compromisso de investir em tecnologia de ponta para melhorar o desempenho das polícias. “Vamos fazer uma grande revisão no sistema de segurança para adotar, sobretudo, tecnologia, de modo que o policiamento ostensivo fique mais eficiente. A tecnologia dá um enorme avanço na eficiência do sistema de segurança. Por exemplo, o Olho Vivo, que é uma ajuda extraordinária para a constatação de crimes, para a prevenção também. Tem o Fica Vivo, que ajuda a juventude a não delinquir. Portanto, é um conjunto de ações que vamos fazer”, afirmou.

Não à corrupção   

Os candidatos da Coligação Todos por Minas participaram de uma grande carreata pelas ruas centrais de Uberlândia, que saiu da Avenida Floriano Peixoto e seguiu até a Rua Professor Pedro Bernardo. Durante todo o trajeto, receberam cumprimentos e manifestações de apoio. Aécio Neves agradeceu a recepção calorosa e reiterou que forma, ao lado dePimenta e Anastasia, o melhor time para governar o país.

“De Uberlândia, por sua representatividade, pela sua importância econômica, cultural, eu faço uma convocação aos mineiros e à mineiras para que nós nos levantemos para, em primeiro lugar, dizermos não à corrupção no governo federal e não à corrupção que nós não queremos que venha para Minas Gerais. Para dizermos sim a um grupo político honrado, experiente, qualificado que tem a liderá-lo nesse momento em Minas Gerais Pimenta da Veiga como nosso candidato a governador”, afirmou.

Aécio: ‘Tudo o que fizemos aqui em Minas, têm o reconhecimento da população’

Aécio declarou que Pimenta da Veiga é quem melhor encarna os valores e condições para enfrentar as dificuldades daqui em diante.

Eleições 2014

Fonte: Pimenta 45

Pimenta da Veiga reúne todas as condições para fazer o melhor governo da nossa história, afirma Aécio

Durante encontro com jovens, em Belo Horizonte, candidato à Presidência destaca competência administrativa de Pimenta e reafirma certeza na vitória

“Por sua experiência administrativa, sua história pessoal e política de mais de 40 anos voltada ao interesse público e por sua capacidade de diálogo, Pimenta da Veiga é o candidato que reúne as condições necessárias para fazer o melhor governo da história de Minas”. Essa afirmação foi feita na noite desta quinta-feira (11/09) pelo candidato à Presidência da República Aécio Neves, durante encontro com a juventude, realizado em Belo Horizonte.

Diante de um público formado por cerca de 1.500 jovens, no salão de um hotel no bairro de Lourdes, Aécio declarou que Pimenta da Veiga é quem melhor encarna os valores e condições para enfrentar as dificuldades daqui em diante. “Ele é o nosso parceiro, é o nosso candidato e será o nosso governador. Estou certo de que temos todas as condições de fazer o melhor governo da história, juntos, tanto aqui em Minas quanto no Brasil”, ressaltou Aécio Neves.

Durante o evento, Aécio reafirmou a importância da união de esforços que levará Pimenta da Veiga e Antonio Anastasia à vitória em 5 de outubro. “Eu tenho ao meu lado os melhores nomes, o Pimenta da Veiga, que eu sei que vai ser o próximo governador, e o Anastasia, que vai ser o senador com a maior votação da história do país. Percebo que tudo o que fizemos aqui em Minas, em todas as áreas, tem o reconhecimento da população”, destacou Aécio.

Pimenta da Veiga reafirmou seus compromissos com a juventude e disse que governará o Estado ao lado dos jovens. “Governar com os jovens significa buscar melhorias na educação, saúde, segurança e infraestrutura. Nós, juntos, vamos vencer a eleição. Eu terei a meu lado AécioAnastasia e, principalmente, a juventude, o povo mineiro, em um governo participativo. Ao lado dos jovens farei o governo mais transformador que Minas já viu”, afirmou.

O encontro realizado nesta quinta-feira teve um formato descontraído, com um bate-papo informal com a juventude. Entre os presentes estavam jovens beneficiados por programas sociais do Governo de Minas, como o Fica Vivo, o Valores de Minas Poupança Jovem,Vozes do Morro e o Plug Minas – que contaram sobre os benefícios conquistados por meio destas ações –, além de universitários e adolescentes que integram entidades de classe mineiras.

Presente ao encontro, o tecladista da banda Skank, Henrique Portugal, falou para a juventude presente da importância em se posicionar politicamente em defesa de transformações do país. “Acompanho a trajetória política de AécioAnastasia e Pimenta, e sou testemunha do trabalho realizado por eles. Peço que prestem atenção nas propostas dos candidatos e tomem a decisão mais correta para o desenvolvimento de Minas e do Brasil”, disse o músico.

Também presente ao evento, o humorista Marcelo Madureira, da trupe Casseta & Planeta, disse que o atual momento político exige muita seriedade e reflexão, ao citar escândalos envolvendo o PT. “O escândalo da Petrobras é uma maracutaia sem cabimento. Estamos em uma encruzilhada nesta eleição e por isso, precisamos tomar o rumo certo. Não podemos deixar que esses picaretas do PT tomem o poder aqui em Minas Gerais”, afirmou.

Apoio aos músicos

Antes do início do encontro, Pimenta recebeu uma carta da Comissão Permanente de Música Instrumental de Minas com sugestões e reivindicações dos músicos mineiros, de todos os gêneros e estilos. A carta foi entregue pelos músicos Geraldo Vianna e Fernando Brant. Pimenta, que em sua vida pública sempre apoiou os movimentos culturais e artísticos, destacou a importância dos pleitos, que têm foco em melhorias no exercício da profissão dos músicos.

Visita de Aécio e arrancada de Pimenta traz entusiamo aos eleitores mineiros

Visita de Aécio à BH e arrancada de Pimenta nas pesquisas, encheu de ânimo tanto as lideranças políticas quanto os eleitores.

Coligação Todos por Minas

Fonte: Minas em Pauta

Minas unida garantirá eleição de Aécio, Pimenta e Anastasia

Prefeitos e lideranças de Minas Gerais demonstram entusiasmo e confiança na vitória dos candidatos durante encontro realizado em BH.

O entusiasmo marcou o início da nova fase das campanhas de Aécio, Pimenta e Anastasia em Minas Gerais. A visita de Aécio Neves à capital Belo Horizonte, nesta terça-feira (04/09), justamente no momento de arrancada de Pimenta da Veiga nas pesquisas eleitorais, encheu de ânimo tanto as lideranças políticas quanto os eleitores.

O coordenador das campanhas, Danilo de Castro, afirmou que a reunião de tantos apoiadores, ao todo foram 1.500 pessoas entre prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e militantes, mostrou claramente a força de Aécio, Pimenta, Dinis e Anastasia no Estado. Ele garantiu que as candidaturas estão em curva ascendente.

“A virada já começou. As pesquisas de hoje já indicam o crescimento do Pimenta e uma queda do nosso adversário. Tenho certeza que essa arrancada de hoje será a arrancada da vitória. Minas está unida no projeto estadual e no projeto federal”, disse.

Para o presidente do PSDB-MG, deputado federal Marcus Pestana, que os eleitores reconhecerão que os projetos de Aécio, Pimenta e Anastasia são o melhor para Minas e para o Brasil.

“Esse evento é a grande arrancada da virada. Minas vai dar um grito de guerra a favor de uma grande mudança no Brasil e no Estado”, afirmou.

Minas quer Aécio na Presidência

O prefeito de Mário Campos, Elson da Silva Santos Júnior (PSB), afirmou que a campanha tomará outro rumo.

“As pessoas vão perceber que Aécio é a verdadeira transformação. O Brasil está clamando por essa mudança, mas mudança consolidada, não uma mudança amadora. Aécio tem toda essa condição, bagagem, experiência e o apoio político necessário para essa realização”, disse.

O prefeito mais jovem do Estado, Pinheirinho (PP), de Ibirité, afirmou que Aécio é a melhor opção para a juventude.

“Apoiar Aécio Neves é muito importante para que Brasil possa crescer nos trilhos certos. Tenho certeza que ele fará pelo Brasil o que ele fez por Minas. Ele vai apoiar apoiar toda nossa juventude e vai conduzir a mudança que o Brasil tanto precisa. E para dar continuidade ao seu trabalho em Minas, precisamos estar juntos com Pimenta da Veiga e Minas Gerais”, afirmou.

O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PRB), afirmou que o Norte de Minas está com Aécio, Anastasia e Pimenta pelos importantes avanços promovidos para melhorar a qualidade de vida da população da região.

“O Norte de Minas está com Aécio, Pimenta e Anastasia porque eles são o melhor para o Brasil e para Minas. Fizeram muito, são competentes, são preparados. Nós vamos votar e peço a todos os nossos amigos para votarem no 45 pra presidente, para governador e para senador”, disse.

Empolgação

Aécio, Pimenta, Dinis e Anastasia foram recebidos com grande empolgação por populares, apoiadores e lideranças. Animados, os jovens manifestaram a confiança na vitória com música e palavras de ordem: “Ô Aécio, hoje é nossa arrancada, Minas Gerais acredita na virada”. De acordo com o coordenador da juventude peessedebista, Michell Tuler, os jovens acreditam que de Minas vai sair a real mudança. “A verdadeira arrancada vai sair hoje daqui de Minas, com os nossos prefeitos, com as lideranças, com os segmentos e com a juventude”, disse.

A empolgação contagiou quem passava pelo local. A pedagoga Cristiana Murta disse que ficou emocionada por ter visto Aécio, que, para ela, é quem vai resolver os problemas do Brasil.

“Aécio vai ajudar todo mundo. A proposta dele é melhor para o Brasil, o Brasil tem que voltar a crescer. Sou professora há mais de 20 anos e está todo mundo revoltado com o que está acontecendo com o Brasil. A esperança da mudança é Aécio e temos certeza que ele vai chegar lá”, declarou.

A aposentada Marília Guerra, de Belo Horizonte, também manifestou a sua confiança. “Aécio vai consertar o Brasil, do jeito que está não dá. Tem que mudar, chega de PT. Tem dez anos que os aposentados não têm aumento. Estou muito otimista. Aécio vai ganhar, ele é mineiro e vai ganhar para a Presidência”, disse.

Aos 73 anos, a dona de casa Lucília Maria de Jesus, de Ibirité, manifestava toda a sua empolgação e disse estar certa que Aécio, Pimenta, Dinis e Anastasia serão vitoriosos. “Eles olham pela saúde, educação, pelas crianças e pelos idosos. Eles vão estar lá, no Governo e na Presidência, tenho fé em Nossa Senhora Aparecida. Eles trabalham com fé e sinceridade, olham pelo Estado e pelo país”, disse.

A dona de casa de Campestre, Elionay Brasil Silva Reis, saiu do Sul de Minas para prestigiar o encontro dos candidatos com os prefeitos e garantiu seu voto.

“Aécio Neves e Antonio Anastasia foram excelentes para Campestre, a cidade evoluiu muito, foram muitas obras por causa do apoio deles. Agora é Aécio, Anastasia e Pimenta para continuar a melhorar o nosso Estado e mudar mesmo a história do nosso país”.

Veja mais depoimentos:

Antônio Andrada, prefeito de Barbacena e presidente da Associação Mineira de Municípios (PSDB)

“Minas está nos chamando para a guerra e para a luta, a luta democrática, a luta da vitória. Minas nunca faltou ao Brasil nos momentos graves, não faltará agora. Aécio é a resposta de Minas. Pimenta, Anastasia e Dinis são o suporte para que essa resposta possa ser forte, firme e duradoura”.

Dinis Pinheiro, deputado estadual e candidato a vice de Pimenta da Veiga (PP) 

“Esse é o momento aqui hoje da arrancada, da virada, da vitória de Pimenta, de Anastasia e de Aécio. A vitória de Minas está no sonho de cada um de nós. O Brasil quer mudar, o Brasil deve mudar e o Brasil vai mudar com Aécio presidente do Brasil. Vale a pena acreditar. São milhões de brasileiros que dependem da nossa luta.”

Alberto Pinto Coelhogovernador de Minas Gerais (PP)

“Minas oferece a nação o seu filho mais ilustre, o candidato mais preparado e qualificado para dirigir o destino da nação brasileira, que é Aécio Neves. O povo não aguenta mais este pesadelo. A candidatura de Aécio conta com o apoio de todos que estão aqui. Os mineiros confiam e dependem de nós para a continuidade em Minas e o avanço no Brasil. A hora é agora, e iremos elegê-los.”

Rômulo Viegas, deputado estadual (PSDB)

“Minas e o Brasil tem que ter Aécio, Pimenta e Anastasia porque apenas eles têm eficiência em gestão. Hoje, estamos na direção certa, rumo a virada, traçando a vitória.”

Mario Heringer, deputado federal (PDT)

“Reafirmamos hoje que Minas está com Aécio, Pimenta e Anastasia. Eles três são mais preparados, têm mais compromisso com a sociedade e não são aventureiros na política”.

Luzia Ferreira, deputada estadual (PPS)

“Acreditamos na capacidade de transformação que vem acontecendo em Minas a partir do governo de Aécio que continuou com Anastasia e, agora, com Pimenta. Nossos candidatos já demonstraram em toda a sua vida pública que têm esse compromisso, e o PPS tem muito prazer de estar ao lado deles.”

José Silva – deputado federal (Solidariedade)

“Minas é modelo de gestão pública não apenas para o Brasil, mas para o mundo inteiro, a partir do que foi executado por Aécio e Anastasia e será feito por Pimenta. Queremos continuar com Minas desenvolvendo, construindo um Estado mais justo e igualitário. Em todas as regiões, vimos que a eficiência quando Aécio liderou esta grande transformação.”

Antônio Carlos Arantes, deputado estadual (PSDB)

“A campanha começa agora. A hora é esta. Estou muito otimista, o Pimenta vai ser governador e Aécio vai para o segundo turno. Somos a voz da oposição e o brasileiro está cansado do modelo que está ai. O modelo está vencido e com Aécio é a única forma de mudar.”

Bilac Pinto, deputado federal (PR)

“Aécio é um homem que tem autoridade moral, que conduziu Minas por dois governos e fez um trabalho extraordinário, melhorando inclusive os Índices de Desenvolvimento do Estado. Anastasia deu sequência a esse trabalho e, agora, vamos continuar com Pimenta da Veiga. Minas está unida em torno dessas candidaturas e vamos deixar esse legado para a famílias mineiras e brasileiras.”  

Evandro de Aguilar, prefeito de Rubim (PTN)

“Apoio Aécio, Pimenta e Anastasia pelo domínio, criatividade, competência. Eles têm muitas qualidades. Tenho muita vontade de ver Aécio na Presidência porque o país não aguenta mais quatro anos de PT. Minas precisa de Aécio na Presidência da República.”

Marcos Dupim, vice-prefeito de Curvelo (DEM)

“Não podemos abrir mão do trabalho que Aécio e Anastasia fizeram em Minas e, agora, o Pimenta da Veiga dará continuidade e Aécio fará o melhor para o Brasil.”

Jarbas Côrrea Filho, prefeito de Guaxupé (PSDB)

“Estamos com Aécio, Anastasia e, com certeza, com Pimenta da Veiga, por tudo aquilo que eles construíram no nosso Estado, na nossa região. Minas hoje é o que é no Brasil em termos de educação e saúde por todo planejamento que foi feito nesses 12 anos do governo de Aécio e Anastasia e com certeza Pimenta da Veiga dará continuidade.”

Carlos Melles, deputado federal (DEM)

“Minas está com Aécio, Anastasia e Pimenta porque temos o dever de gratidão, sentimento de solidariedade, de apoiar aqueles que melhoraram a vida dos mineiros. Ninguém fez uma Minas melhor do que o Aécio e Anastasia, e ninguém dará continuidade melhor do que Pimenta da Veiga. Hoje, com mais de 70% dos prefeitos, estamos no rumo certo para a vitória.”

Arlen Santiago, deputado estadual (PTB)

“Sou testemunha da grande transformação em Minas e do que aconteceu no Norte do Estado. Aécio irá fazer o mesmo pelo Brasil, somando-se à força de Anastasia e Pimenta.”

Anselmo José Domingos, deputado estadual (PTC)

“O dia de hoje sinaliza a mudança que queremos. Precisamos de pessoas comprometidas como Aécio, Pimenta e Anastasia que possam investir com responsabilidade nas obras emergenciais para o Estado, e Aécio é a nossa esperança.”

Gustavo Correa, deputado estadual (DEM)

“Nossos candidatos são a melhor escolha que Minas e o Brasil podem ter. Através do Aécio e Anastasia, Minas mudou e transformou a realidade dos municípios mineiros. Temos a certeza da vitória em Aécio para presidente para o Brasil avançar e Minas continuar crescendo.”

José Silva, deputado federal (PDT)

“Hoje é o dia da virada para Minas continuar crescendo e o país receber de braço abertos o melhor gestor de todos os tempos, Aécio Neves. Minas é modelo de gestão pública não apenas para o Brasil, mas para o mundo inteiro. Queremos construir um Brasil mais justo e igualitário”.

Lafayette Andrada, deputado estadual e líder do PSDB na ALMG

“Estamos com nossos candidatos que representam futuro, modernidade, competência, ética e eficiência. O que foi feito em Minas de 12 anos para cá não pode parar. É muito simples fazermos uma avaliação com as transformações que aconteceram em Minas e as transformações negativas que aconteceram no cenário nacional. Queremos e precisamos de Aécio, Anastasia e Pimenta para Minas e para o Brasil.”

Dalmo Ribeiro, deputado estadual (PSDB)

“Hoje é um momento importante, pois estamos recebendo o apoio de prefeitos de todas as regiões de Minas em sinal de gratidão, do reconhecimento por tudo que Aécio fez para o Estado com ética, responsabilidade e decência. Estamos reunidos para fazer de Aécio, Pimenta e Anastasia os nossos representantes.”

Ademir Lucas, ex-deputado estadual (PSDB)

“Aécio é exemplo de gestor e presenciamos o crescimento de Minas nos últimos anos. Aécio é o melhor para representar o povo brasileiro e será eleito presidente do Brasil”.

Rodrigo de Castro, deputado federal (PSDB)

“Os mineiros estão unidos e animados para eleger Aécio, Pimenta e Anastasia. Minas conhece Aécio e sabe da sua capacidade para mudar o Brasil. Estamos ao seu lado nesta caminhada, e hoje presenciamos inúmeros prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e deputados presentes neste momento importante e necessário para a política brasileira. Mudança de verdade e com segurança é com Aécio.”

Eduardo Barbosa, deputado federal (PSDB)

“Hoje temos a oportunidade de eleger os melhores quadros políticos do Brasil. Aécio parapresidente da República. Sabemos o dinamismo e visão de futuro que ele tem. O Brasil precisa dele para este acerto e correção de rumos que nenhum outro candidato a presidente tem condição de oferecer. Em Minas Gerais, Pimenta da Veiga é o resgate.”